0 / 0

Djokovic e Nadal partem como favoritos

O sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal são novamente apontados como os principais candidatos a vencer o Open da Austrália em ténis, prova que arranca hoje, dia 20, e termina a 2 de Fevereiro próximo.

O sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal são novamente apontados como os principais candidatos a vencer o Open da Austrália em ténis, prova que arranca hoje, dia 20, e termina a 2 de Fevereiro próximo.
Campeão em título, em final ganha precisamente frente a Nadal, Djokovic, que na temporada passada ainda triunfou no Masters 1000 de Madrid, em Wimbledon, no ATP 500 de Tóquio e no Masters 1000 de Paris, é o favorito a alargar o seu domínio na Austrália, torneio do qual é o recordista com sete vitórias, contra apenas uma de \'Rafa\'.
O sérvio detém 68 triunfos e oito derrotas nos Antípodas e a vantagem no confronto directo com Nadal, com quem nunca perdeu na Austrália, e com o suíço Roger Federer, terceiro do \'ranking\' e com quem só perdeu uma única vez em Melbourne, em 2007.
\"Já tive alguns encontros emocionantes. Provavelmente os dois mais épicos foram a final contra o \'Rafa\' aqui, em 2012, que quase chegou às seis horas, e contra o Roger em Wimbledon, no ano passado. Mas, em termos de performance e qualidade de ténis, a final do ano passado com o \'Rafa\' foi a melhor\", frisou o detentor de 16 títulos do \'Grand Slam\'.
Djokovic vai estrear-se frente ao alemão Jan-Lennard Struff (37.º ATP) e, de acordo com o sorteio, antes de eventualmente encontrar Roger Federer nas meias-finais, poderá defrontar o grego Stefanos Tsitsipas (6.º ATP) ou o espanhol Roberto Bautista-Agut (9.º) nos quartos de final.
Já o espanhol, apesar de ter perdido a final do ano passado, chegou ao final da temporada na liderança do ranking, depois de ter somado quatro triunfos, dois dos quais em torneios do \'Grand Slam\', Roland Garros e US Open, atingindo o seu 19.º \'major\', a apenas um do recordista, Roger Federer.
Colocado na metade oposta do quadro em relação a Djokovic, o líder do \'ranking\' mundial terá como primeiro adversário o boliviano Hugo Dellien e pode, caso passe à ronda seguinte, defrontar o português João Sousa, que medirá forças na ronda inaugural com o argentino Federico Delbonis, de 29 anos.
Se seguir em frente, Nadal ainda poderá encontrar o australiano Nick Kyrgios (26.º ATP) na quarta ronda ou o austríaco Dominic Thiem (5.º ATP) nos quartos de final.