Brooklyn Nets contratam trio de estrelas

Kevin Durant (Golden State Warriors), Kyrie Irving (Boston Celtics) e DeAndre Jordan (NY Knicks) vão transferir-se para os Brooklyn Nets, franquia, que tem o rapper Jay-Z como um dos accionistas.

Kevin Durant (Golden State Warriors), Kyrie Irving (Boston Celtics) e DeAndre Jordan (NY Knicks) vão transferir-se para os Brooklyn Nets, franquia, que tem o rapper Jay-Z como um dos accionistas.
Durant, uma das principais estrelas da NBA que estava livre no mercado, deixa os Warriors após ter conquistado dois títulos e vai receber 164 milhões de dólares (144 milhões de euros) por quatro anos de contrato enquanto Irving 141 milhões de dólares (124 milhões de euros).
Não foi revelado o salário de Jordan, que deixa o New York Knicks, onde jogou após troca com o letão Kristaps Porzingis.
Na madrugada de segunda-feira, a NBA deu permissão às equipas para começarem a negociar com os jogadores sem contrato. Naquele que era um dos mercados mais antecipados dos últimos anos, foram negociados mais de três mil milhões de euros em contratos (um total de 66 jogadores), tudo em apenas dois dias.
Na lista de equipas que mais dinheiro gastaram encontram-se os Brooklyn Nets. Entre Kevin Durant (€145M/4 anos), Kyrie Irving (€124M/4 anos) e DeAndre Jordan (€35M/4 anos) e Garry Temple (€8,8M/2 anos), a equipa dos arredores de Nova Iorque comprometeu-se a pagar cerca de €312M.
Recorde-se que Kawhi Leonard, eleito o melhor jogador da final, ainda continua por decidir o futuro. O extremo de 28 anos está a ser associado a Los Angeles Lakers, Toronto Raptors e Los Angeles Clippers, num negócio que deverá chegar aos €140M.

RETIRADA DE CAMISOLA

De saída para os Brooklyn Nets, Kevin Durant vai ter a sua camisola retirada pelos Golden State Warriors, equipa onde actuou durante três anos, confirmou o director Joe Lacob.
Em Oakland, o ala conquistou dois títulos da NBA, sendo nomeado duas vezes MVP das finais, ambas contra os Cleveland Cavaliers.
Durant junta-se assim a nomes como Wilt Chamberlain, Rick Barry ou Chris Mullin, que também têm as camisolas retiradas pela equipa de São Francisco.