Associação de Árbitros pondera convocar greve

A Associação de Árbitros de Futebol de Angola (AAFA) pondera convocar uma greve, em protesto aos castigos aplicados pelo Conselho Central de Arbitragem da FAF aos seus associados, caso os mesmos voltem a repetir-se nos próximos tempos. Quem o diz é Vicente Garcia, presidente da associação.

A Associação de Árbitros de Futebol de Angola (AAFA) pondera convocar uma greve, em protesto aos castigos aplicados pelo Conselho Central de Arbitragem da FAF aos seus associados, caso os mesmos voltem a repetir-se nos próximos tempos. Quem o diz é Vicente Garcia, presidente da associação.
De acordo com o líder associativo, o protesto não é contra as medidas do Conselho da Arbitragem, mas contra a forma e os critérios utilizados para as suspensões dos juízes de campo.
\"A associação não está contra as decisões que a federação toma, mas somos contra a forma como os nossos associados estão a ser castigados. Nós sempre dissemos que nunca queremos ser os protagonistas da situação, mas se isso voltar a se repetir, a classe pondera fazer uma greve. Estamos a preparar um encontro com o presidente da FAF, para dar a conhecer o nosso descontentamento e até onde podemos chegar\", afirmou Vicente Garcia.
O presidente da AAFA lamentou, ainda, o pedido de desculpas recentemente feito ao Petro de Luanda pelo presidente do Conselho Central de Árbitros de Futebol de Angola (CCAFA), Jorge Mário Fernandes, em carta endereçada ao grémio tricolor. Segundo o líder associativo, é inaceitável tal comportamento.
\"Não podemos aceitar um procedimento destes por parte do presidente do Conselho de Árbitros de uma federação que se preze. O grave é que ele (Jorge Mário Fernandes) faz menção ao desejo de ver reeleito um presidente do clube. É inaceitável. Nós, Associação de Árbitros, estamos a pensar muito seriamente e vamos reunir com os nossos associados e, depois desta reunião, saberão qual será a nossa decisão\", prometeu.