Comité Paralímpico realiza acção formativa

A direcção do Comité Paralímpico Angolano (CPA) realiza a partir de hoje, quinta-feira, até sábado, dia 13, numa das suas salas de reuniões, curso de gestão e administração desportiva, com a participação de dirigentes desportivos e alguns convidados.

A direcção do Comité Paralímpico Angolano (CPA) realiza a partir de hoje, quinta-feira, até sábado, dia 13, numa das suas salas de reuniões, curso de gestão e administração desportiva, com a participação de dirigentes desportivos e alguns convidados.
O curso é financiado pela Agitos Foudation, uma instituição do Comité Paralímpico Internacional, vocacionada a apoiar pequenos projectos dos Comités Paralímpicos Nacionais.
A referida acção formativa, com duração de três dias, terá como prelector o professor Jorge Vilela de Carvalho, de nacionalidade portuguesa.
A cerimónia de abertura está marcada para as 10h30 minutos, e contará com a presença de altos dirigentes do Ministério da Juventude e Desportos (Minjud).
Em declarações ao Jornal dos Desportos, António Manuel da Luz, secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano (CPA), assegurou que as condições técnicas e logísticas estão todas criadas, para o êxito da acção formativa.
\"Os dirigentes desportivos e não só têm aqui mais uma oportunidade, para aumentarem os seus conhecimentos em matéria de gestão e administração desportiva. A direcção do Comité Paralímpico Angolana tem criado todas as condições técnicas e administrativas, para o êxito desta acção formativa\", revelou António Manuel da Luz.
Dezasseis das dezoitos províncias vão participar na acção formativa. Cunene e Lunda Sul são as únicas províncias, que não inscreveram os seus delegados.
Cunene alegou o mau estado da via, ao passo que em relação a Lunda Sul, a direcção do Comité Paralímpico Angolana não conseguiu manter o contacto com o responsável do desporto daquela parcela do território nacional.
A direcção do CPA vai assumiu todas as despesas, nomeadamente, transporte, hospedagem e alimentação de todos os delegados participantes ao curso. 
António Manuel da Luz disse ainda, que convidou para fazerem parte do curso de gestão e administração desportiva, a Associação dos Atletas Olímpicos, a Associação Mulher e Desporto (AMUD), as federações de basquetebol e andebol, para além de associações que trabalham com pessoas portadoras de deficiência.