Benfica reage ao castigo e acusa federação

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Patinagem (FPP) interditou o Pavilhão da Luz, por dois jogos, na sequência dos incidentes que aconteceram durante o dérbi com o Sporting, no passado mês de Janeiro

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Patinagem (FPP) interditou o Pavilhão da Luz, por dois jogos, na sequência dos incidentes que aconteceram durante o dérbi com o Sporting, no passado mês de Janeiro. O Benfica, que segundo avançou, ontem, o jornal \'A Bola\', está mesmo a ponderar abandonar a modalidade, de acordo com o seu site oficial, na publicação News Benfica.
Na mesma, os \'encarnados\' acusam a Federação de \"subserviência\" e de \"provocação\".
\"O sentido persecutório vem em linha com tudo o que se tem passado nestes últimos anos nesta modalidade\", escrevem as \'águias\', a relembrar outras questões às quais se referiram nas últimas semanas.
\"Campeonatos falseados e total dualidade de critérios em arbitragens, sucessivas, levam a que a cada dia que passa ninguém leve à sério uma competição viciada, na sua verdade desportiva\", são algumas das duras acusações que se podem ler na publicação.
Na mesma publicação, o Benfica chega mesmo a afirmar que a FPP terá um prazer especial em tomar decisões contra o clube Uma Federação, que faz gáudio da sua provocação ao SLB, com uma reconhecida subserviência a outros\", aponta a formação da Luz.