Huíla almeja pódio

Apetrechados de todas as condições, a delegação huilana aos Jogos Escolares da Região Sul a decorrerem de 14 a 20 do corrente, na cidade de Moçâmedes, província do Namibe, almeja terminar no topo da classificação geral de medalhas. Os 109 elementos, entre atletas, técnicos e dirigentes, estão motivados em arrebatar o maior número de troféus nas diferentes modalidades em disputa.

Apetrechados de todas as condições, a delegação huilana aos Jogos Escolares da Região Sul a decorrerem de 14 a 20 do corrente, na cidade de Moçâmedes, província do Namibe, almeja terminar no topo da classificação geral de medalhas. Os 109 elementos, entre atletas, técnicos e dirigentes, estão motivados em arrebatar o maior número de troféus nas diferentes modalidades em disputa.
Os atletas apurados nas escolas públicas e privadas \"estão bem preparados, quer no aspecto físico, quer técnico e psicológico\", segundo Juka Fernandes, responsável pela secção dos Desportos Escolares da Direcção Provincial da Educação da Huíla. A preparação prossegue até o dia 13 do corrente, dia previsto para a viagem ao palco do certame.
\"A Huila vai ao Namibe para vencer em todas as modalidades. A nossa preparação está a ser bem feita e conta com todo o material desportivo\", garantiu.
O Jornal dos Desportos apurou que a Direcção da Educação local vai disponibilizar as sapatilhas, botas, camisolas, calções, joelheiras, cotoveleiras, fatos olímpicos, entre outros equipamentos para a delegação huilana. Os meios já se encontram nas terras altas da Chela.
Juka Fernandes assegurou, que as condições criadas constituem factores motivacionais para os petizes na competição. Um senão incomoda o dirigente: a equipa de  futebol pode receber \"cartão vermelho\" da Direcção Nacional do Ministério da Educação. Em causa está a desobediência ao instrutivo que orienta a inscrição de atletas de 14 e 15 anos de idade.
A equipa huilana de futebol é composta por petizes de 12 a 16 anos de idade e muitos não dispõem de Bilhetes de Identidade.
\"Já estamos a trabalhar com a Conservatória de Registos Civis da Huila e o Sector de Identificação, no sentido de tratar a documentação dos petizes. A directriz do Ministério da Educação, orienta que todos os participantes devem apresentar Bilhetes de Identidade, caso contrário, não serão admitidos na competição\", esclareceu.
O temor de participação estende-se também ao desporto adaptado. Juka Fernandes, assegurou que enfrentam algumas dificuldades no futebol de muletas. Até ontem, não havia sido convocado uma pré-selecção provincial, a escassos dias de abertura do evento.
Se há apreensão no futebol, Juka Fernandes deposita confiança no atletismo, basquetebol, ginástica, voleibol, ténis, xadrez e andebol. A estimativa é obter 80 por cento de medalhas em disputa.
Os Jogos Escolares da Região Sul comportam as delegações da Huila, Namibe, Cuando Cubango e Cunene e visam qualificar as melhores equipas aos Jogos Escolares Nacionais, agendados para o mês de Janeiro de 2019.