Prestação dos atletas agrada ao seleccionador

A prestação dos atletas integrantes da selecção nacional de taekwondó no primeiro ciclo de preparação para os Jogos Olímpicos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) a decorrer de 2 a 28 do corrente, em São Tomé e Príncipe, deixa satisfeito o seleccionador nacional Makila Carlos..

A prestação dos atletas integrantes da selecção nacional de taekwondó no primeiro ciclo de preparação para os Jogos Olímpicos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) a decorrer de 2 a 28 do corrente, em São Tomé e Príncipe, deixa satisfeito o seleccionador nacional Makila Carlos..
Em declarações ao Jornal dos Desportos, Makila Carlos assegurou haver a evolução dos atletas ao longo do tempo de preparação.
\"Já se nota uma mudança significativa nos atletas. Estamos a trabalhar com uma equipa nova, sem experiência nesse tipo de competição, mas já sentimos alguma segurança\", referiu.
Além da parte técnica e táctica, o técnico explicou que o grupo está a beneficiar de trabalhos psicológicos para que encare os desafios sem medo.
\"Estamos a trabalhar a parte técnica e a psicológica para que se sintam seguros consigo mesmos. Temos o cuidado de actualizar as técnicas, que são alteradas constantemente, para que não cometam faltas graves\", disse.
Angola vai ao arquipélago com objectivo de alcançar o lugar mais do pódio. A garantia é do seleccionador nacional.
\"A nossa meta é o pódio\", assegurou. Para que o objectivo se concretize, o trabalho de preparação incidiu no aperfeiçoamento de combates, exercícios de resistência, treinos de força e outros.
Na segunda fase, a selecção nacional troca o ginásio Ngola Mbandi pela Cidadela Desportiva. As precárias condições no recinto estão na base da mudança de local, segundo o treinador.
Para os Jogos da CPLP estão a trabalhar com Makila Carlos os atletas do 1º de Agosto, Paulo Ricardo (-58 kg), Maria Alexandre (-55 kg) e Anita Ngoma (-63 kg) e da Academia do Huambo, Eduardo Venâncio (-73 kg).
A delegação angolana é composta por 79 pessoas. Além de taekwondó, Angola vai participar nas modalidades de basquetebol feminino 3X3, atletismo convencional e adaptado, voleibol, atletismo e futebol.