United motivado na viagem à Áustria

O Manchester United vai hoje à Áustria, para defrontar o LASK Link (uma das surpresas da competição), na primeira-mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.

O Manchester United vai hoje à Áustria, para defrontar o LASK Link (uma das surpresas da competição), na primeira-mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. Ainda esta noite, destaque para o Eintracht Frankfurt, que tenta ganhar vantagem na eliminatória em casa, com o Basileia.
Depois de uma derrota (2-0) com a Juventus na Serie A, o Inter de Milão recebe o Getafe, que ocupa um surpreendente quarto lugar na Espanha.
O Bayer Leverkusen, que eliminou o FC Porto nos 16 avos de final, vai medir forças na Escócia com o Rangers, responsável pela eliminação do Sporting de Braga.
Depois de eliminar o Sporting, o Basaksehir discute o apuramento com o Copenhaga, com o primeiro desafio a acontecer em Istambul.
O Olympiacos, treinado por Pedro Martins, e Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, começam, à porta fechada, a disputar o acesso aos “quartos”, no duelo mais português dos oitavos-de-final. Sem direito a público, devido à epidemia de Covid-19, o Olympiacos tem novo rival inglês, desta vez o Wolverhampton, depois de ter eliminado com surpresa o Arsenal nos 16-avos-de-final, com um triunfo inesperado em Londres, por 2-1, após prolongamento.
O Wolverhampton, da “armada” lusa, composta por Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Bruno Jordão, Pedro Neto, Diogo Jota e Daniel Podence (trocou os gregos pelo “Wolves” em Janeiro), teve mais facilidades perante o Espanyol, impondo-se com um total de 6-3 nas duas mãos.
Depois de sete encontros no futebol português, Pedro Martins e Nuno Espírito Santo vão voltar a encontrar-se, desta vez num cenário diferente e com o apuramento para os “quartos” da Liga Europa em jogo.
Em termos históricos, Espírito Santo tem ligeira vantagem sobre Pedro Martins, com três vitórias, dois empates e duas derrotas.
Além do encontro em Atenas, a Roma, de Paulo Fonseca, vai a Espanha defrontar o Sevilha, enquanto o Shakhtar Donetsk, defronta o Wolfsburgo, na Alemanha.
Este é um embate entre dois antigos treinadores do FC Porto (Paulo Fonseca e o espanhol Julen Lopetegui). Depois de eliminar o Benfica, o Shakhtar Donetsk, vencedor da última edição da antiga Taça UEFA em 2008/09, tenta regressar à glória europeia.

Primeira-mão:

Basaksehir – Copenhaga
Olympiacos - Wolverhampton
Rangers - Bayer Leverkusen
Wolfsburgo - Shakhtar Donetsk
Inter de Milão – Getafe
Sevilha – Roma
Eintracht Frankfurt – Basileia
LASK Linz - Manchester United

Segunda-mão:


Copenhaga - Basaksehir
Wolverhampton - Olympiacos
Bayer Leverkusen - Rangers
Shakhtar Donetsk - Wolfsburgo
Getafe - Inter Milão
Roma - Sevilha
Basileia - Eintracht Frankfurt
Manchester United - LASK Linz