Campeão provincial está de malas aviadas

O campeão provincial de Luanda de motocross da classe 250cc, Fernas Baptista, deixa a cidade de Lobito nos próximos dias com destino a capital do país para participar das derradeiras sessões de treinos de livres, com a vista a disputa da jornada inaugural do campeonato provincial da época 2020, prevista para sábado a partir das 13h00 no circuito Jorge Varela ao bairro do Gamek.

O campeão provincial de Luanda de motocross da classe 250cc, Fernas Baptista, deixa a cidade de Lobito nos próximos dias com destino a capital do país para participar das derradeiras sessões de treinos de livres, com a vista a disputa da jornada inaugural do campeonato provincial da época 2020, prevista para sábado a partir das 13h00 no circuito Jorge Varela ao bairro do Gamek.
O piloto do Team Transchipeta havia decidido afastar-se das competições nacionais para se focar na projecção internacional. Fernas Baptista recuou da decisão tomada em função da pressão dos adeptos. Por outro lado, para manter a forma desportiva em alta aconselha-se a não ficar parado. Quanto maior for o número de provas, melhor será a performance do piloto.
O jovem com maior patamar na actualidade em Angola é bem referenciado em Dubai, Emirados Árabes Unidos, onde se classificou em quarto lugar numa prova que reuniu pilotos de diferentes latitudes do mundo. Diante de adversários bem conceituados e dotados de grande traquejo, a classificação é motivo de orgulho e de mais trabalho.
Sempre acompanhado por uma equipa bem estruturada, o piloto benguelense conquista a cada ano legião de adeptos em todas as províncias do país que acolhem as competições. O seu nome já é bem referenciado no Namibe, Huíla, Benguela, Malanje e Huambo. Fernas Baptista pauta pelos saltos acrobáticos e entradas ousadas nas curvas. A estratégia permite-lhe ter vantagens sobre os adversários, o que representa garantia de espectáculo de primeira água.
A revalidação do título em 2020 tem presságio dúbio. O favoritismo é repartido com outros nomes sonantes do espectáculo sobre rodas. Augusto Congo \"Agugu\", Etelvino Sebastião, Alfredo Chilola, Branquinho Pina, entre outros, deixaram progressão assinaláveis na época transacta. O campeão está informado das dificuldades a enfrentar na presente época.
Fernas Baptista está sem a concorrência de Zé Cazenga e de Jandir Talaia, que colocaram ponto final à carreira desportiva como pilotos. Zeferino Fernandes, nome completo de Zé Cazenga, dedica-se agora ao dirigismo desportivo.
A saída das pistas de duas \"feras\" abre caminho para a nova geração de pilotos. A futura direcção da Associação de Luanda deve manter o programa de formação e de promoção de jovens talentosos.
Depois de três meses de férias, o circuito Jorge Varela beneficia de manutenção para acolher as provas do campeonato provincial. As fortes chuvas nos últimos dias debilitaram a estrutura. A pouca vegetação foi insuficiente para evitar os danos na pista. Por outro lado, a circulação constante de pessoas residentes na zona circundante contribui para a degradação da pista. Até quarta-feira, terminam os trabalhos de manutenção.

CALENDÁRIO
Gamek abre 
e fecha a época

Depois da prova de sábado, o Campeonato Provincial de Luanda de Motocross faz disputar a segunda jornada no dia 18 de Abril no circuito do Gamek. O local acolhe também a terceira jornada no dia 16 de Maio e a quarta, no dia 13 de Junho.
Os motores roncam para a quinta jornada no dia 4 de Julho na província do Huambo no Grande Prémio Valentim Amões, em homenagem ao empresário angolano, que muito contribuiu para o desenvolvimento do motocross nacional.
A sexta jornada está agendada para o dia 25 de Julho na província da Huila, no Grande Prémio Caconda. A mesma província alberga a sétima jornada no dia 8 de Agosto, desta  para o Grande Prémio de Quilengues.
As três últimas jornadas têm o palco no circuito Jorge Varela, em Luanda, nos dias 19 de Setembro, 10 de Outubro e no 14 de Novembro.
A comissão de gestão garante a possibilidade de realizar provas extraordinárias, desde que haja convites e garantias de condições para o efeito dentro ou fora de Luanda. As autoridades de várias províncias optam por proporcionar espectáculos de motocross aos populares na celebração de efeméride.  
HELDER JEREMIAS


ELEIÇÃO NA ASSOCIAÇÃO
Novos gestores são conhecidos na quarta-feira

A Assembleia-geral da Associação Provincial de Motocross de Luanda, prevista para sábado passado, com vista a eleição dos corpos sociais para o ciclo olímpico 2021/ 2024 foi adiada para quarta-feira por indisponibilidade da maior parte dos associados. A presidência da Mesa da Assembleia anuiu ao pedido dos filiados. A informação foi avançada pelo coordenador da comissão de gestão e líder da lista única, Osvaldo Gouveia.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o responsável sustentou que a decisão também teve como propósito alinhavar alguns pormenores de ordem organizativa que concorrem para um evento bem conseguido do ponto de vista técnico e administrativo.
\"A data da Assembleia Geral teve de ser  alterada, porque havia algum atraso em termos organizativos e parte dos membros não se encontrava disponível. Desta forma, chegámos ao consenso de que quarta-feira seria a mais conveniente\", informou Osvaldo Gouveia.
Osvaldo Gouveia assegurou que o seu elenco já está a preparar a realização da jornada de abertura do campeonato provincial de Luanda de maneira que nada fique pendente da realização do escrutínio. A única lista concorrente conta com apoio da maioria dos associados.
HELDER JEREMIAS